Afinal de contas, o que é Radioproteção?

Posted on Posted in Sem categoria
Compartilhe!

Afinal de contas, o que é Radioproteção?

A Radioproteção é um conjunto de cuidados inserido no contexto da Segurança do Trabalho, porém com características próprias.

Trata-se de um sistema de proteção radiológica que funciona de acordo com 3 princípios fundamentais:

JUSTIFICAÇÃO significa que toda atividade envolvendo radiação ou exposição a material radioativo deve ser justificada em relação a outras alternativas. Além disso o uso de fonte radioativa deve produzir algum benefício específico para a sociedade.

OTIMIZAÇÃO diz respeito aos esforços envolvidos tanto na proteção como nos danos causados pela radiação. Este princípio prega que uma otimização em termos quantitativos pode ser realizada com base em uma avaliação de custo-benefício das medidas de Radioproteção.

LIMITAÇÃO é um princípio fundamentado nos limites anuais de doses de radiação para o público em geral e também especificamente direcionado aos IOEs (Indivíduos Ocupacionalmente Expostos). Os limites de doses anuais para público e profissionais são estabelecidos pela CNEN (Comissão Nacional de Energia Nuclear). O papel da Radioproteção é monitorar os limites e tomar as medidas de segurança necessárias.

A Radioproteção tem um papel importantíssimo na segurança dos trabalhadores e no cumprimento das obrigações legais de uma empresa.

Qual é a importância da Radioproteção?

É importante lembrar que a radioproteção não é somente aplicada na operação de reatores nucleares, mas também para garantir a proteção e a segurança de trabalhadores e empresas nas diferentes aplicações que utilizam fontes radioativas na indústria, medicina e agricultura.

A radioproteção ainda atua no controle do material radioativo, no gerenciamento de rejeitos radioativos, no transporte de fontes radioativas e na gestão e descontaminação de materiais nucleares NORM e TENORM.

NORM é a sigla para Naturally Occurring Radioactive Materials, ou seja, materiais radioativos de ocorrência natural que não sofreram nenhum tipo de interação humana.

TENORM são os materiais radioativos de ocorrência natural tecnologicamente concentrados (Technologically Enhanced Naturally Occurring Radioactive Materials), muito presentes na indústria Offshore e na Mineração.

Fonte: LINCE RADIOPROTEÇÃO (Endereço Digital: www.linceradio.com.br)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *